Você estranhamente vai torcer por Joe Goldberg

Resultado de imagem para you joe goldberg
Joe Goldberg (Penn Badgley)

Há algumas coisas que acontecem quando você assiste ao primeiro episódio de YOU. Primeiro, se você é uma das poucas e insanas pessoas que não tem uma senha de bloqueio no seu telefone, posta loucamente sobre sua vida nas redes sociais e ainda por cima faz check-in em todos os lugares, você com certeza vai reconsiderar esses hábitos. Em segundo lugar, você vai se questionar por que estar tão horrorizado com os atos de Joe (Penn Badgley), e ao mesmo tempo tão intrigado por seus métodos. Parte de você pode até querer que ele e Beck ( Elizabeth Lail ), fiquem juntos e isso deve fazer você se sentir horrível. Mas não se preocupe, você não está sozinho.

A série é baseada no romance de mesmo nome da autora Caroline Kepnes e a criadora da adaptação para a TV, Sera Gamble, queria trazer para o show a mesma relação que é evocada com Joe no livro.

“Parte da diversão do livro, e agora da série, é que você pode se surpreender com alguns momentos em que se encontra torcendo por um personagem que sabe estar fazendo coisas ruins”, disse Gamble ao TV Guide na Television Critics Summer Press Tour. “Isso, para mim, é parte do brilhantismo do livro de Caroline; é que ela era muito explícita sobre as coisas que Joe estava fazendo. E, no entanto, houve momentos em que me vi realmente torcendo pelo casal. Fiquei meio horrorizada em mim mesma e então isso me fez realmente pensar sobre os tipos de filmes que eu cresci amando, os tipos de canções de amor que eu cresci cantando – a mensagem que damos as pessoas é que certas coisas são românticas, e que na vida real são ilegais, e stalkear alguém não é romântico é invasivo”.

Kepnes concorda que o poder de seu livro e agora da série de televisão – ambos desenvolvidos antes do nascimento do movimento #MeToo – vem do condicionamento que recebemos crescendo. Então, mesmo quando Joe bate no namorado de Beck com um martelo, estamos chocados, mas finalmente entendemos de onde ele vem, se queremos admitir isso ou não.

“Eu soube imediatamente que Sera entendeu tudo isso, que é sobre a maneira como vivemos e como todos nós chegamos a pensar e processar as coisas”, disse Kepnes. “E é aí que a série – o mundo é ampliado e de uma forma que parece o livro, mas é tridimensional. Todo mundo é o Joe nisso.”

O charme de Joe vem do fato de que ele honestamente não quer ser dono de Beck, mas convence a si mesmo e ao público que ele quer o melhor para ela. Ele está completamente convencido de que “o melhor” é ele.

“No piloto, quando ele pensa: ‘Aja como se você pudesse ser melhor que isso’, ele está certo!”, Disse Kepnes. “O que você acha de alguém, em nosso tempo atual, que é ao mesmo tempo tímido, inteligente e genuíno? Ele não quer protegê-la. Ele não é aquele cara que é como ‘Pare de escrever! Prove que você me ama!’ Ele quer que ela seja a melhor da sua vida, mas ele também faz todas essas coisas horríveis “.

Enquanto a série espera dar a você uma melhor compreensão do mundo em que Joe atua, Gamble e Kepnes não vão lhe dizer qual lado escolher. Apenas saiba que eles entendem o que você faz.

“Não estamos tentando fazer você ter empatia ou fazer com que você não tenha empatia”, disse Gamble. “Estamos realmente deixando isso para você.”

Publicado originalmente em TV Guide

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s